Aterradora mas essencial / terrifying yet essential

É raro assustar-me com alguma coisa aqui pela quinta, por isso, lembro-me bem das poucas vezes que tal aconteceu, esta foi uma delas.

Era já final de tarde, andava de um lado para o outro, a prender e alimentar os animais, quando me apercebi de uma criatura arrepiante a deslizar, a toda a brida, pela calçada…tinha um tamanho considerável e era pernuda! Tratava-se de uma centopeia-amarela, também conhecida como escolopendra. Admito que nunca tinha visto este insecto antes, e o meu primeiro instinto foi trepar para cima dos fardos de palha e chamar-lhe todo o tipo de nomes. O segundo instinto (ao qual atendi) foi ser racional, tirar proveito deste momento e ficar a conhecer mais um dos muitos e curiosos habitantes desta quinta .

It’s rare to get scared with anything that happens around the farm, so I remember well the few times it happened, this was one of them.

It was already late afternoon, I was pacing back and forth, locking up and feeding the animals, when I noticed a creepy creature sliding fast down the sidewalk … it had a sizeable scale and lots of legs! It was a yellow centipede, also known as a scolopendra. I admit that I had never seen this insect before, and my first instinct was to climb over the straw bales and call it all sorts of names. The second instinct (which I attended) was to be rational, take advantage of this moment and get to know one more of the many and curious inhabitants of this farm.

scolopendraaq

Esta espécie de centopeia é uma das menores da família Scolopendridae. Em contrapartida, é a maior de Portugal e, bem assim, da Europa, podendo atingir os 15cm de comprimento. Nativa do nosso continente, está distribuída de forma vasta, podendo ser encontrada a sul da Europa e à volta do mar mediterrâneo.

Na fase de adulta, a escolopendra pode variar entre castanha, castanha-avermelhada, ou até mesmo castanha-amarelada. As suas antenas são amarelas e apresenta entre 17 a 31 segmentos, chamados tergitos. Estes são traçados a escuro na parte final.

Enquanto juvenil, é amarela com a cabeça em tons de laranja e a marca escura dos tergitos azul. Tem 21 pares de patas e o último é visivelmente maior e mais robusto.

This species of centipede is one of the smallest of the family Scolopendridae, in contrast is the biggest of Portugal and of Europe, being able to reach the 15cm of length. Native to our continent it is vastly distributed, can be found south of Europe and around the Mediterranean Sea.

In adulthood, the scolopendra is brown / reddish brown or even yellowish brown. Its antennae are yellow and have 17 to 31 segments called tergites. These are drawn with a dark stripe at the end. While juvenile are yellow with the head in shades of orange and the dark stripe, blue. It has 21 pairs of legs and the last one is noticeably larger and more robust.

scolopendra3

Durante o dia encontra-se em lugares escuros e húmidos: sob rochas, troncos e amontoados de folhas. Na verdade, tal deve-se à falta de uma cutícula serosa no seu exosqueleto, o que a torna muito vulnerável, uma vez que seca rapidamente, quando exposta directamente à luz do dia.                                                                                                                Quando perturbada esta centopeia recorre quase sempre à fuga, no entanto, se se sentir ameaçada directamente, usará como defesa a sua mordida tóxica.

É uma centopéia carnívora como todos os outros membros que compõem o gênero Scolopendra.                                                                                                                                                   Semelhante a outras centopéias, alimenta-se principalmente de pequenos insectos, como abelhas, moscas, vespas e formigas. Se grande o suficiente em tamanho esta centopeia também pode incluir  pequenos ratos e aranhas, na sua deita, constituída essencialmente por outros artrópodes que mata injectando veneno.

During the day prefers dark and humid places: under rocks, trunks and piles of leaves. This is due to lack of a waxy cuticle in its exoskeleton, that makes it very vulnerable as it dries quickly when exposed directly to daylight. When disturbed S. cingulata almost always will escape rather than attack, however if it feels threatened directly it will use as a defence her toxic bite.

It is a carnivorous centipede like all the other members that make up the genus Scolopendra. Similar to other centipedes, it feeds mainly on small insects, such as bees, flies, wasps and ants. If large enough in size this centipede may also include small rats and spiders in their diet, consisting essentially of other arthropods that it kills by injecting venom.

scolopendra2

scolopendra

A técnica de ataque é bastante interessante, usando as patas traseiras para agarrar a presa. De seguida, torce o tronco até conseguir injectar o veneno com as pinças que se encontram na cabeça (primeiro segmento do corpo). O veneno é um tóxico que provoca paralisia ou até morte, semelhante ao de uma picada de escorpião. A mordida pode ser repetida várias vezes até garantir a morte da presa escolhida. Pode ainda recorrer ao canibalismo e a necrofagia, sendo, no entanto, pouco comum. De notar  que, embora a maioria das pessoas não seja muito afectada pelo veneno da centopeia-amarela, algumas podem ser alérgicas ou apenas mais sensíveis, tornando assim, a interacção imprudente com esta espécie uma situação perigosa. De referir ainda que os seus principais predadores são as aves.

Pese embora seja capaz de administrar uma mordida dolorosa, a Scolopendra cingulata  tem um papel essencial na manutenção de jardins e culturas agrícolas! É excelente no controlo de pragas, consumindo insectos indesejados, fazendo-o de forma natural e inofensiva para o nosso meio ambiente, valorizando, assim, o produto (quando não são usados pesticidas) e aumentando a produção da colheita de forma biológica.

The technique of attack its quite interesting, it will use its hind legs to grab the prey, then twist the trunk until it can inject the venom with the tweezers that are in its head (first segment of the body). The Poison is a toxic that causes paralysis or death, similar to a scorpion sting. The bite can be repeated several times to successfully ensure the mortality of the chosen prey. It may resort to cannibalism and necrophagy, but it is not frequent.  Has to be noted that although most people are not much affected by the scolopendra poison, some may be allergic or just more sensitive, thus making reckless interaction with this species is a dangerous situation. Although scary to most of us the scolopendra isn’t free of predators and the most common are birds.

Its capable of delivering a painful bite, but the Scolopendra cingulata plays an essential role in maintaining agricultural gardens and crops! It is excellent in controlling pests, consuming unwanted insects, doing it in a natural and harmless way to our environment. Valuing the product (when no pesticides are involved) and increasing the production of the crop in a more organic way.

poupascolo

O carpinteiro das florestas / Carpender of the forest

Nestes meses de sol um dos habitantes mais carismáticos da quinta é sem duvida o pica-pau malhado grande (Dendrocopos major) .

Assim que volto a ouvir um “tuc-tuc-tuc” constante vindo do montado, já sei que estão de volta e vão ficar por uns tempos nestas bandas! Na primavera, é comum vermos grupos com mais de dois pica-paus num frenesim de voos ondulantes por entre matas e antigos postes eléctricos de madeira mas assim que chega o Verão passa a ser mais comum ver apenas um, ou dois indivíduos.

In these months of sun one of the most charismatic inhabitants of the farm is undoubtedly the great spotted woodpecker (Dendrocopos major).

Once again I hear a constant “tuc-tuc-tuc” coming from the cork trees , I know they are back and will stay for a while in these parts! In the spring, it’s common to see groups with more than two woodpeckers in a frenzy of undulating flights between  woods and old electric wooden poles but once summer comes for good,  it becomes more common to see only one or two individuals.

 

picapau1.jpg

fêmea/female

 

Já por muitas vezes tentei fotografar os pica-paus que desfrutam aqui do montado para se alimentarem ou cortejarem as suas fêmeas, mas nunca com sucesso. Tímidos e esquivos rapidamente se apercebiam da minha presença e fugiam. Desta vez tive muita sorte e consegui finalmente “apanhar” uma fêmea (distingue-se do macho pela ausência da mancha encarnada na nuca) seguida pelo seu afoito parceiro, que infelizmente não consegui fotografar.

I’ve for many times tried to photograph the woodpeckers that enjoy the cork trees for feeding purposes or courting their females, but never with success! Timid and elusive they quickly realize my presence and fled. This time however I was lucky and finally managed to “catch” a female (distinguished from the male by the absence of red spot on the back of the head) followed by his anxious partner, who unfortunately i didn’t catch.

 

picapau12.jpg

 

 

O pica-pau malhado grande é uma espécie residente em Portugal, e identifica-se pela sua plumagem essencialmente preta e branca e traseira de um vermelho intenso que se destaca do abdómen todo branco. Como já referi anteriormente esta espécie tem um dimorfismo sexual evidente, os machos tem uma mancha vermelha na nuca que as fêmeas, como esta, não apresentam.

The great spotted woodpecker is a resident species in Portugal, and is identified by its essentially black and white plumage and a bright red bottom that stands out from an all white abdomen. As previously mentioned this species has an obvious sexual dimorphism, males have a red patch on the nape that females, like this, do not.

 

picapau13.jpg

macho/male

 

 

Prefere áreas altamente arborizadas, matas e bosques de pinhais, carvalhais, sobreirais  e azinhais para viver e se reproduzir, mas também consegue ser bem sucedido em jardins e parques.

Alimenta-se de insectos que habilmente colecta, sementes de coníferas no inverno  e ocasionalmente (como infelizmente até pude confirmar aqui na quinta) de ovos e crias de outras aves.

They prefer highly wooded areas, forests and woods of pine, oak, cork trees  and helm to live and reproduce, but can also be successful in gardens and parks.

It feeds on insects which it cleverly collects, conifer seeds in winter and occasionally (as unfortunately  I confirmed here in the farm) eggs and young birds.

 

DSC_0863

Caixa ninho de chapins com a entrada danificada pelo pica-pau / Eurasian Blue tit nesting box after being attacked by the woodpecker

DSC_0862.JPG

caixa ninho de trepadeira danificada /  treecreeper nestingbox damaged by woodpecker

DSC_0859

Vestígios do pica-pau na procura de alimento / signs left by the woodpecker after it looks for food

 

Este pica-pau é territorial e escolhe apenas uma fêmea/macho com qual ira se reproduzir. E como o nome indica, o pica-pau, constrói o seu ninho escavando/picando um orifício com cerca de 5cmx6cm de entrada onde fará uma postura anual de 4 a 6 ovos (em media). Ovos estes que serão chocados e criados por ambos os membros do casal.

This woodpecker is territorial and only chooses one  female / male with which will reproduce. And as the name indicates, the woodpecker, builds its nest by digging/pecking a hole about 5cmx6cm in which  he will make an annual posture 4 to 6 eggs (on average). These eggs are to be hatched and raised by both members of the couple.

 

picapau2

Curiosidades:

-Os pica-paus têm penas espessas sobre as suas narinas que ajudam a evitar que partículas de madeira sejam inaladas.

-O seu bico para além de muito forte e pontiagudo atua tanto como um cinzel como um pé de cabra, para remover a casca e encontrar os insetos escondidos.

-Tem uma língua bastante comprida com uma substância colante na ponta para a facil captura de insectos.

 

Curiosities:

-Woodpeckers have bristle-like feathers over their nostrils help to keep wood particles from being inhaled.

-The woodpecker’s strong, pointed beak acts as both a chisel and a crowbar to remove bark and find hiding insects.

-It has a very long tongue, up to four inches in some species – with a glue-like substance on the tip for catching insects.

 

picapau3

 

 

 

 

 

Tempo de escolher um sitio e fazer o ninho         Time to pick a place and build nest

 

Os dias estão maiores, o campo começa agora a encher-se de flores e uma grande variedade de sons enche o ar de musica novamente. Estamos no inicio da Primavera!

As aves vivem agora  com alvoroço a nova estação, disparando pelo céu em busca de um par para iniciar outro ciclo de vida.

Na quinta já se vê bem o desenrolar da primavera, e varias são as espécies de aves que aqui vêem passar a época. Assim que formam um casal o seu primeiro objectivo é escolher um local seguro e seco para construir o ninho.

_______________

Days are longer, the fields  are starting to fill up with flowers and a wide variety of sounds fill the air with music again. Its the beginning of spring! Birds live the season with excitement  shooting across the sky in search of a pair to begin a new cycle of life.

On the farm, already  we see the unfolding of spring, and several are the species of birds coming here to pass the season. And, after forming a couple their first goal is to choose a safe and dry place to build the nest.

________________

Como diria o meu avo, “os ninhos diferenciam-se uns dos outros , especialmente pelo material com que são feitos, pela forma que têm e pelo lugar onde são construídos.”

Na realidade podemos encontrar ninhos no solo, no topo das arvores e arvoredos ou até mesmo dentro de agua!  O tamanho do ninho esta relacionado com a dimensão do seu construtor, quanto maior for a ave, maior o ninho. Uns são verdadeiras obras de arte e engenharia ou outros são toscos e despreocupados.

img101

ilustraçoes da minha Avó / my grandmothers illustrations

Like my grandfather used to say, “the nests differ from each other, especially by the material with which they are made, the way they are formed and the place where they are built.”

In fact we can find nests on the ground, on top of the trees  or even in water! The size of the nest  is closely related to the size of its manufacturer, the larger the bird, the greater the nest. Some are true works of art and engineering others are rough and carefree.

img102

 

 

Vejamos então três espécies que tem passado por aqui época apos época, comecemos pelo nosso mais alegre e destemido residente o chapim-azul (Cyanistes caeruleus).  Pertence a família Paridae, reproduz-se em bosques , parques e jardins. Gosta de nidificar em cavidades nas arvores, mas é uma espécie que aceita com grande facilidade caixas-ninho. Curioso é saber que o casal de chapins ira retornar a mesma cavidade anos após ano, e esta só será ocupada por outros quando o casal inicial já não existir. Põem normalmente de 6 a 8 ovos e para garantir o conforto das suas crias, usam materiais como o musgo, penas, pelos e lã.

_____________________

Lets see three species that pass through here time after time, beggining with our cheerful and fearless resident the blue-tit (Cyanistes caeruleus). It belongs to the Paridae family, are common in woodland, hedgerows, parks and gardens. Likes to nest in tree cavities, but  accepts with great ease nesting boxes. A curious thing to know, every couple of blue tits will  return to the same cavity year after year, and this will only be occupied by others when the initial couple no longer exist. Usually lays 6-8 eggs and to ensure the comfort of their offspring, they use materials such as moss, feathers, fur and wool to build their next.

chapimazul1

Poderá ver um pequeno clip do chapim azul em acção filmado na quinta aqui / you’ll be able to see a little clip of the blue tit filmed in the farm here:

 

Outra espécie que adoro, nidifica e reside no montado o ano inteiro, é a trepadeira (certhia brachydactyla) ! Da família Sittidae, assim como o chapim prefere escolher a proteção dos bosques para se reproduzir, mas pode ser encontrada em zonas urbanas como jardins e parques. Habitualmente constrói o seu ninho em fendas nas arvores ou na cortiça dos sobreiros. Mas tambem aproveita antigas cavidades de pica-pau ou alguma caixa-ninho que encontre.  Habilidosamente constrói o seu ninho em duas camadas, a inferior contem troncos, erva, cortiça e caruma e a superior (que estará em contacto com os ovos, de 5 a 7 tipicamente) é  composta por materiais mais finos como, teia de aranha, penas, musgo e lã. É da visões mais engraçadas, a pequena trepadeira a recolher a lã que as ovelhas aqui da quinta deixam na base dos sobreiros!

________________________

Another species that I love, nests and resides in the corktrees all year is the short-toed treecreeper (certhia brachydactyla)! From the Sittidae family, as well as the blue tit they choose the protection of forests to breed, but can be found in urban areas such as gardens and parks. Usually builds its nest in crevices. But also takes old woodpecker cavities or some nesting box he can find. Skillfully builds its nest in two layers, the bottom contains trunks, grass, cork and pine and the top (which will be in contact with the egg, 5 to 7 typically) is filled of thinner materials such as, spider web, feathers , moss and wool. It is the funniest visions, seeing it climbing to collect the wool that our sheep leave on the base of oak trees!

 

trepadeira30mar

Poderá ver um pequeno clip da trepadeira em acção filmado na quinta aqui / you’ll be able to see a little clip of our sweet treecreeper filmed in the farm here:

Por fim temos outra espécie residente, que vive em bandos de vários membros e a sua plumagem é de um preto muito brilhante e de aspecto sedoso.. o estorninho preto ( sturnus unicolor). Carismático e barulhento o estorninho pertence a  família Timaliidae, gosta de se alojar para época primaveril perto de quintas e habitações, para além destes utiliza uma vasta gama de habitats, desde campos agrícolas a olivais. Como as duas anteriores, é uma espécie que gosta de nidificar em cavidades, que vão das árvores às fendas em penhascos. A sua postura é tipicamente entre os 3 aos 5 ovos.

________________________

Finally we have another resident species, which lives in flocks of several members and their plumage is a very bright black and silky like .. the black starling (Sturnus unicolor). Charismatic and noisy starlings belong to Timaliidae family, it likes to stay near farms and residential areas, in addition to these, uses a wide range of habitats, from agricultural fields to olive groves. Like the previous two, it is a species that likes to nest in cavities, ranging from trees to cracks in cliffs. It lays typically between 3 to 5 eggs.

estorninho30mar22

Poderá ver um pequeno clip do estorninho em acção filmado na quinta aqui / you’ll be able to see a little clip of the starling filmed in the farm here:

 

 

 

 

 

Tempo de escolher um sitio e fazer o ninho / Time to pick a place and build nest

Can you spot it? Conseguem vê-la?

ginetahide

 

Era um dia normal, realizava as minhas tarefas diárias matinais pela quinta quando apercebo-me de que algo se passava no montado. Um bando de Gralhas sobrevoava as copas do sobreiros, e como aviões a despinhar, investiam para o meio dos ramos voltando depois a descolar…Resolvi ir buscar a câmera e investigar.

Foi com grande espanto que apercebi-me de que estava um animal encurralado no topo de um sobreiro.. e era uma gineta. As gralhas, territoriais como são, não gostaram de a ver ali e, ao fim de várias investidas, conseguiram que ela se afastasse, dada a sua rapidez e agilidade, infelizmente não consegui fotografar com qualidade!

It was a usual day, while doing my morning tasks around the farm I realized that something was happening in the corktrees. A bunch of carrion crows where flying over  the oaks, charging into the middle of the branches to then fly back into the air again.. I decided to go get the camera and investigate.

It was with great surprise that I realized  there was an animal trapped on the very top of the tree .. and it was a genet. Territorial as the crows are, they didnt like to see her there and after several failed assaults she finally moved away.

Given the genet speed and agility, unfortunately I couldnt take a good quality photo!

ginetaaqua.jpg

__________

 

A gineta (Genetta genetta) , é um carnívoro de médio porte pertencente à família de viverrideos, com uma aparência única e inconfundível na fauna ibérica. Com pernas curtas um corpo alongado de cor acinzentada coberto por manchas mais escuras espalhadas em padrão. Um dos traços mais chamativos e curiosos no seu físico é a cauda muito longa e espessa, adornada com  anéis pretos (8 a 10). Esta atinge um comprimento superior  ao do seu corpo e cabeça juntos.

Com hábitos nocturnos a Gineta caça de forma ágil e silenciosa, ajudada pela sua longa cauda (que lhe confere equilíbrio) e unhas retracteis consegue saltar de árvore em árvore com precisão e destreza.  Esta capacidade aliada ao seu apurado olfato e audição muito fina, fazem deste animal um caçador exímio e certeiro. As suas presas são fundamentalmente os roedores mas anfibios e aves tambem fazem parte da sua dieta. A ilustragi2gineta complementa a sua dieta com alguns frutos disponíveis no outono como os medronhos.

The common genet (Genetta genetta), is a medium-sized carnivore belonging to the family of viverrids with a unique and unmistakable appearance in the Iberian fauna. With short legs and an elongated body covered with grayish color darker spots in a scattered pattern. One of the most striking and curious traits in her physical appearence is a very long and bushy tail, adorned with black rings (8-10). That reaches a length of the body and head together.

With nocturnal habits the genet hunts fast and silently, helped by its long tail (which gives her balance) and retractable nails, it can jump from tree to tree with precision and dexterity. This hability combined with their sense of smell and very sharp hearing, makes this animal one eximio and accurate hunter. Their usual prey is rodents, but amphibians and birds also belong to their diet. The genet also complements its diet with some fruit available in the fall as the arbutus.

 

____

O seu habitat é, por isso, essencialmente florestal, estando ausente de zonas urbanizadas ou desprovidas de mato. Como predadores tem a águia real, o bufo, o lobo e agora também o Lince iberico.

Na realidade, a sua principal ameaça encontra-se na sucessiva destruição do seu habitat e na diminuição da população de coelhos bravos devido a doenças como a mixomatose. Ainda assim esta magnifica espécie não se encontra em perigo e está inserida na lista dos animais extritamente protegidos.

Their habitat is essentially forest, being absent from urban or places devoid of bush areas. Their main predators are the golden eagle, the Eurasian eagle owl, the wolf and now also the Iberian Lynx.

In fact their main threat lies in the successive destruction of its habitat and the decline of population in wild rabbits due to diseases such as myxomatosis. Yet this magnificent species isnt in danger and belongs to the list of strictly protected animals.

ginetahi

Curiosidades:

.As ginetas selvagens vivem dos 6 aos 8 anos, podendo alcançar, em cativeiro, os 15 anos.

.As marcas corporais da ilustragi1gineta funcionam como as nossas impressões digitais cada individuo apresenta um padrão distinto.

.Os seus grandes olhos e orelhas largas são armas essenciais para o sucesso da sua vida nocturna.

Curiosities:

.the wild genet lives from 6 to 8 years, reaching in captivity, 15 years.

.their  body marks  act like our fingerprints, each individual has a distinct pattern.

.The large eyes and large ears are essential weapons to the success of its nightlife.

 

 

Most magical encounters / Encontros mágicos

Não vou esconder o quanto adoro e admiro os ouriços!

Tenho por eles um carinho enorme e, ao longo da minha vida, já tive o prazer de cruzar-me com vários, cada um com a sua cor, feitio e história. Uns a precisar de ajuda e outros apenas de passagem. Todos únicos e para sempre recordados na minha memória como amigos que fiz e que me deram uma grande sensação de alegria e propósito. Em especial, de todas as vezes que tive o prazer de os devolver à natureza.

DSC_0405

I will not hide how much I love and admire hedgehogs!

I have an enormous affection for them and throughout my life I had the pleasure to cross ways with several of these lovely creatures. Some in need of help and others just passing through. All unique and forever remembered in my memory as friends who left me feeling a great sense of joy and purpose. Especially those whom I had the pleasure of releasing back into the wild.

outonoouriço

Podia ficar aqui eternamente a contar histórias engraçadas que vivi graças a estas criaturas que fazem parte do imaginário fantástico de tantas crianças (e não só!), mas hoje vou falar-vos do último ouriço que tive o prazer de receber em casa, o Banjo!

Encontrei-o numa manhã de outono, entalado na cerca que faz o perímetro da quinta. Já com as patas totalmente inchadas e feridas nas costas, feitas por algum predador que, vendo uma refeição fácil, tentou a sua sorte. Graças aos cerca de seis mil espinhos aguçados que cobrem grande parte do corpo, não foi bem sucedido!

___________________

I could stay here forever telling funny stories, thanks to these creatures that are part of so many children’s imagination, but today I will talk about Banjo, the last hedgehog i had the pleasure to rehabilitate.

I found Banjo on an autumn morning, stuck in the fence that makes the perimeter of the farm.  By that time, with fully swollen legs and wounds on his back, made ​​by some predator who saw an easy meal and tried his luck. Thanks to the six thousand sharp thorns that cover much of the hedgehog body, he was not successful.

DSC_0396 - Cópia

Soltei-o da cerca e ao ver que não conseguia caminhar nem enrolar-se na sua posição de protecção (devido ao inchaço provocado pela falta de circulação) concluí que a única forma de garantir a sua sobrevivência, era trazê-lo para casa, mantendo o mínimo contacto humano possível, por forma a restabelecer a sua força e saúde para poder voltar onde pertencia. Poucos dias volvidos, estava totalmente novo e afoito (bom sinal!) e posso dizer que voltou para casa dele mais gordinho e bem disposto (espero, qualquer dia, voltar a vê-lo por aqui!)

É importante referir que, após este incidente abrimos passagens em todas as cercas, para que tal não torne a acontecer.

____________

After releasing Banjo from the fence, I saw he couldn’t walk or curl up in its protective position (due to the swelling, caused by lack of circulation). I rapidly reached this conclusion: bringing him home for a few days was the only way of ensure his survival.  As usual I kept to a minimum all human contact, restoring his strength and health was my main goal so he could get back to his freedom as quickly as possible. Three days later he was totally new and spirited (a good sign!).                                                               

 I can safely say that, Banjo got home feeling good and fatter, ready for his hibernation season.

It’s important to say that, after this incident we open passages in all fences so that this does not happen again.

DSC_0257

orvalho

O ouriço cacheiro, cacheiro (Erinaceus europeus) é um mamífero insectívoro que pertence a família Erinaceidae, tem hábitos essencialmente crepusculares, e embora tenha  patas pequenas, pode percorrer, numa só noite, distâncias de até três quilómetros na busca de alimento. São mamíferos nocturnos que hibernam de Novembro a Março.

__________________

The hedgehog  (European Erinaceus) is an  insectivorous mammal that belongs to the Erinaceidae family, with essentially crepuscular habits. Although having little legs, in one night, he can make distances up to three kilometers searching  for food. They hibernate from November to March.

DSC_0336

DSC_0435

Infelizmente, existe uma grande taxa de mortalidade nos ouriços durante a primeira hibernação, uma vez que muitas vezes não conseguem acumular peso suficiente para subsistir ao inverno. Esta e outras razões mais tristes contribuem para que este carismático animal esteja a desaparecer rapidamente e em grande número no Reino Unido, campanhas são feitas na tentativa de evitar que não desapareça completamente. Espero que esta realidade não nos alcance e, como sei que muita gente adora este animal tão emblemático da nossa fauna  deixo aqui quatro dicas para quem quiser ajudar os ouriços que vivem por perto:

– se recebe visitas ou tem algum ouriço a viver no seu jardim,  acumular o “lixo” do jardim, (folhas, troncos etc) proporciona um excelente abrigo , ninho de hibernação.

– Para ajudar o ouriço a ganhar peso para o inverno para além da sua deita normal (lesmas, caracóis, besouros, lagartas e minhocas) pode deixar um pequeno prato com comida rica em proteínas (por exemplo,  carne picada ou paté/ração para gato), particularmente nesta altura do ano. Uma tigela de água potável também deve estar disponível.

-não queimar moitas, troncos/folhas sem primeiro verificar se está habitado

-abrir um pequeno buraco na base de cada cerca para permitir o acesso livre de perigo.

Espero que tenham muitas visitas e o prazer de poder ver estes fantásticos animais muitas e muitas vezes no futuro!!

DSC_0305

DSC_0392

Unfortunately there is a high mortality rate in hedgehogs during the first hibernation, since often they fail to accumulate enough weight to survive the winter. This and other saddest reasons contributed to the rapidly disappearing of this charismatic animal in large numbers throughout the United Kingdom, campaigns are being made ​​in attempt to prevent their complete disappearance.                                                                                     

 I hope this sad reality doesn’t reach us here in Portugal, and as I know many people love these emblematic animals of our fauna I took the liberty of leaving here four tips for those who want to help hedgehogs living near by:

– If you receive visits or have any hedgehog living in your garden, accumulating garden rubbish (leaves, trunks etc.) provides an excellent shelter, hibernation nest.

– To help the hedgehog gain weight for the winter (beyond their normal diet: slugs, snails, beetles, caterpillars and worms) you can leave a small dish with protein-rich food (eg minced meat or pâté / cat food ), particularly at this time of the year. A drinking water bowl should also be available.

-Do not burn bushes, logs / leafs without first checking if its inhabited

-Open a small hole at the base of each fence to allow easy access.

I hope you have many visitors and the pleasure of seeing these fantastic animals over and over again in the future !!

IMG_8437

(note : as usual, all photos are mine, starring sweet Banjo ; illustrations as well, first one is a watercolor and the last one is a soft pastels painting)

Hope this inspires you to be closer to nature, thank you for your time!!

 

 

 

Presa no buraco da agulha / Stuck in the eye of the needle

Enquanto caminhava a passos largos em direção à torneira e pensava nas plantas que tinha de regar, apercebi-me de um assobio. “Será que já abri a torneira?…” Não, estava fechada. Mas o som continuava. Quando olhei para os fardos de palha, logo ao meu lado direito, lá estava ela, uma cobra rateira, presa numa sobra de rede usada para proteger as plantas.

Numa tentativa de passar pelo “buraco da agulha” ficou entalada, e já apresentava um pequeno inchaço, o que indicava já estar naquela posição há algumas horas. O meu pai, que está bastante mais familiarizado com estes animais do que eu, tratou de a soltar da rede e, após verificar que ela se encontrava em perfeitas condições, devolveu-a à liberdade.

cobra11

As I strode towards my garden water tap, thinking about what plants i had to shower, I realized there was a whistle sound in the air. “Have I turned on the tap already?” .. No, it was closed. But the sound continued. When I looked at the straw bales, just to my right, i saw her .. a Montpellier  snake, caught in a spare mesh that we used to protect our trees and plants.

In an attempt to pass through the “eye of the needle” she got stuck, and already had a small swelling, indicating to be in that situation already for a few hours. My father, who is much more familiar with these animals than I, set her free from the net and after verifying that she was in perfect condition, handed her back to freedom.

cobra12

A cobra rateira (Malpolon monspessulanus) é considerada o maior ofídio da Península Ibérica, podendo ultrapassar os 2 metros e viver mais de 25 anos. Distribui-se por todo o território nacional e não se encontra, actualmente, na lista das espécies ameaçadas.

Activa durante o dia, com excepção nos meses de mais calor, onde pode adoptar hábitos crepusculares. Robusta, rápida e ágil esta cobra pode demonstrar um comportamento agressivo quando se sente extremamente ameaçada.

cobrajuv1

The Montpellier snake (Malpolon monspessulanus) is considered the largest snake of  the Iberian Peninsula, can exceed 2 meters and live more than 25 years. It is distributed throughout  Portugal and is not, presently, in the list of endangered species.

Active during the day, except in the months of more heat where she may adopt crepuscular habits. Robust, fast and agile this snake may show aggressive behaviour when feeling extremely threatened.

cobra4

É importante referir que esta espécie é opistóglifa, isto é, os dentes inoculadores de veneno encontram-se no maxilar de cima atraz, o que a impede de injetar veneno no ser humano, e, por isso, embora esta possa ser eficazmente assustadora quando bufa e investe contra a ameaça, a sua mordidela não representa qualquer perigo para os humanos.

Excelente trepadora, assim como nadadora, a cobra recorre com frequência a estas duas capacidades, tanto para se proteger ou aquecer como para caçar.

Cabeça pontiaguda, olhos grandes com as escamas supraoculares proeminentes, a natureza concedeu-lhe um ar feroz e sempre atento. Na fase adulta, o seu dorso apresenta colorações bastante variadas, que vão do  verde oliváceo até ao castanho acinzentado, com o ventre a destacar-se, exibindo uma coloração amarelada com manchas escuras.

img080

It should be noted that this species injects its low toxicity venom through her rear fangs so although she can be effectively scary when snorting and investing against the threat , her bite is not dangerous for the human being.

Excellent climber as well as swimmer, this snake makes extensive use of these two capacities, either to protect herself, get warmer or hunt.

Pointed head, big eyes with prominent above the eyes scales, nature gave her a fierce and always attentive air. Appearing in varied colorings, from olive green to gray/ brown. The belly stands out, displaying a yellowish bright color with dark spots.

DSC_0513 (2)

cobra-rateira adulta / adult montpellier snake

juvenil

cobra-rateira juvenil / juvenile montpellier snake

cobra13

A dieta deste réptil esta intimamente ligada com a sua envergadura, ou seja, enquanto juvenil a cobra-rateira vai alimentar-se quase exclusivamente de insectos, sendo que, à medida que vai crescendo, começa a caçar outros répteis (lagartixas, outras cobras) pequenos roedores,  acabando no ocasional “assalto” ao ninho.

Hibernando  de Outubro a Março, a cobra rateira torna-se mais fácil de observar nos meses da Primavera e Verão, durante os quais se dá o acasalamento e a postura dos ovos, assim como a eclosão dos mesmos.  Presente numa grande variedade de habitats esta cobra aprecia desde pedreiras e matas a zonas agrícolas ou jardins.

cobra14

cobrajuv

The diet of this reptile is closely linked with its body scale, that is, while juvenile the Montpellier will feed almost exclusively on insects, and as it grows begins to hunt other reptiles (lizards, other snakes) small rodents, ending in casual “robbery” to some bird nest.

Hibernating from October to March, the Montpellier becomes easier to observe in the months of spring and summer, during which takes place the mating season as well as the time to lay the eggs. They are present in a wide variety of habitats this snake will appreciate environments from quarries and forests to agricultural areas or gardens.

cobra2

Festim em família / Family feast

No Verão todos aproveitamos para arrumar o jardim, e eu não sou excepção. Resolvi remover a piscina de plástico velha que se encontrava embrulhada por debaixo dos choupos há já um ano. Estava escondida pelas ervas que foram crescendo à sua volta, espalhando raízes em busca da humidade retida pelo plástico e, por consequência, agarrando a piscina ao solo com firmeza. Assim que comecei a puxar a lona e, à medida que esta se soltava do seu emaranhado de ervas bravas, não queria acreditar no que via! Não foram só as plantas a tirar proveito da piscina, mas uma serie inimaginável e altamente variada de insectos! Corriam desenfreados em busca de protecção. E foi no meio de tanto reboliço que reparei que a piscina trazia mais do que insectos,  o meu coração disparou, a tirar proveito daquele festim, encontrava-se uma família de musaranhos!                                                                                                                                                           Hoje, tenho por isso o prazer de vos apresentar o Musaranho-de-dentes-brancos (Crocidura russula) !

_______________________________________________________

In summer everyone always takes the opportunity to tidy up the garden, and I wasn’t an exception. I decided to remove the old plastic pool that was wrapped and dropped beneath the poplars one year ago.

It was partially hidden by herbs that grown around her spreading their roots in search of  the water retained by the plastic and therefore grabbing the pool firmly to the ground. As I began pulling the plastic and as it was slowly loosening  from the tangle of wild herbs,  I couldn’t believe my eyes. Not only were plants taking advantage of the pool but an unimaginable quantity and highly varied species of insects! They ran rampant for protection. And it was in the midst of such turmoil that I noticed there where more than insects, my heart raced, taking advantage of that feast, a family of shrews!! So today Im pleased to present the Greater white-toothed shrew (Crocidura russula)!

musa4aqua

Uma espécie protegida e abundante em todo o território nacional, este musaranho é um pequeno mamífero insectífero que pertence a família Soricidae,  cujo o tamanho não ultrapassa os 8,6 cm (sem contar com a cauda) e o peso pode chegar aos 14,0g.

_________________________________________________________________

A protected and abundant species throughout Portugal, this shrew is a small mammal belonging to the Soricidae family and whose size does not exceed 8.6 cm (excluding the tail) and weight can reach 14,0g .

musa7

Com o seu caricato focinho pontiagudo e olhos pequenos combina uma pelagem pardo-acinzentada distinguindo-se do ventre, este de um cinzento claro.

O musaranho é uma espécie solitária durante a maior parte do ano e pode ser encontrada em ambientes humanizados como jardins, várzeas, campos agrícolas, quintas ou em habitats mais naturais como florestas, montados e outras zonas selvagens. No fundo, áreas onde possa encontrar alimento (minhocas, escaravelhos etc) com facilidade.

_______________________________________________________________

With its peculiar pointed snout and small eyes combines a brown-gray coat with a distinguished belly, this in light gray.

The shrew is a solitary species during most of the year and can be found in humanized environments such as gardens, meadows, farmland, farms or in more natural habitats such as forests, fields and other wilderness areas.  In the end, areas where it’s possible to find food (worms, beetles etc.) with ease.

musa2

Define o seu território e mantem-no durante o ano, compartilhando-o apenas durante a época de reprodução.

É um animal com hábitos crepusculares, ou seja, sai  habitualmente em busca de alimento ao amanhecer e ao entardecer, mas pode ser visto ocasionalmente noutras alturas do dia.

_________________________________________________________

Defines territory and keeps the same during the year, sharing it only during the breeding season.

It’s an animal with crepuscular habits, that’s usually out looking for food at dawn and dusk, but can be seen occasionally at other times of the day.

musa4

Na época de acasalamento, o par permanece junto protegendo o seu território e ninho, mantendo a ninhada até ao desmame. Podem ter mais do que uma ninhada por ano.

Por fim, o musaranho faz parte da dieta de vários animais da nossa fauna entre eles a gineta, a raposa a doninha e diferentes aves de rapina.

_______________________________________________________

When mating season comes, the pair stays together protecting its territory and nest, keeping the litter until weaning. They may have more than one in a year.

Finally, the shrew is part of the diet of various animals including the genet, fox , and different birds of prey.

DSC_0340                                                                cria / young shrew

musa8

musa6

Curiosidades:

-Tem a capacidade de reduzir a atividade do seu metabolismo acelerado, permanecendo “adormecido” durante algumas horas, para reservar energias no caso de existir escassez de alimento.

-A fêmea tem uma forma engraçada de se deslocar com as suas crias:  em fila indiana, focinho com cauda.

_________________________________________________________________

Curiosities:

-Has the ability of reducing the activity of its rapid metabolism, remaining “dormant” for a few hours to reserve power in case there is a shortage of food.

-The Female has a funny way to move with their young: in single file, nose to tail.

musaaqua3

Capuz preto e peito ruivo / Black hood and red chest

Há por aí uma ave que exibe um belo peito ruivo… mas que não é o pisco! Sabem de quem falo?

There’s a bird out there that displays a beautiful red chest … but isn’t the robin! You know of whom I speak?

 cartaxoscores - Cópia (2) cartaxoscores - Cópia

 _________________________________________________________

Em meados de Junho do ano passado passeava na várzea da quinta, quando vi uma cena engraçada, protagonizada por uma ave que achei até discreta, mas após um olhar atento, a sua plumagem preta e branca cortada pelo ruivo ardente agarrou rapidamente a minha atenção.

Saltava freneticamente de árvore em árvore, na alçada da sua companheira (esta de plumagem menos vistosa), esperando que o macho se aproximasse para voltar a saltar quase que em tom de troça, coisa que não intimidava o seu pretendente de forma alguma…

Fiquei intrigada e, após alguma pesquisa, descobri que se tratava de um casal de cartaxos comuns (saxicola rubicola)!

Last year, I was walking around the farm, during this month, when I came across a funny scene starring a bird that I found to be discreet but after a closer look, his black and white plumage cut by the fiery red feathers soon grabbed my attention.

He was jumping  from tree to tree frantically, going within the scope of his companion, with a much less showy plumage. She was waiting for the male to approach to re-jump in a almost mockingly way, something that did not intimidate her suitor at all. .

I was intrigued and after some research I discovered that it was a couple of European stonechats (saxicola rubicola) !

                                                             cartaxoscores

            ___________________________________________________________

Esta ave pertence à extensa família turdidae, um passeriforme de pequena dimensão que habita, normalmente, em zonas mais próximas do mar, assim como em charnecas.

O macho adulto apresenta uma cabeça totalmente preta e uma mancha branca nos lados do pescoço. Peito laranja-avermelhado prolongando-se até ao papo e flancos, uropígio castanho sarapintado de escuro (podendo exibir uma mancha branca no Verão). Por seu turno, a fémea adulta apresenta uma plumagem castanha fusca sem grandes apontamentos.

This bird belongs the to extensive turdidae family, its a small passerine that occurs in areas near the sea, and on  heathland, dry plains, grassy hillsides, woodland edges etc

The adult male has a completely black head and a white patch on the sides of the neck. Orange-red breast extending up to chat and flanks, rump mottled dark brown (may display a white spot in the summer). The adult female has a brown plumage dusky without major notes.

 DSC_0833

       _______________________________________________________________

O Cartaxo-comum alimenta-se quase exclusivamente de invertebrados, tais como insectos e larvas. Habitualmente caça a partir de um “poleiro” exposto a baixa altitude, onde ficará a aguardar até encontrar uma presa. O seu método de caça é bastante típico: quando  avista o alvo, salta subitamente do seu poiso para capturar o insecto escolhido. De seguida, retorna ao seu poleiro ou, por vezes, para um poleiro diferente. Presas de  tamanho muito reduzido, como os mosquitos, podem ser consumidas imediatamente durante o vôo ou contrario das maiores, como as abelhas ou traças, que têm de ser levadas de volta antes de serem ingeridas. O cartaxo pode ainda executar outras técnicas de caça, como vibrar ou pairar sobre a vegetação. Os métodos escolhidos pela ave podem mudar de acordo com a época do ano.

The stonechat feeds almost exclusively on invertebrates such as insects and larvae. Usually hunts from a “perch” exposed at low altitude, remaining there waiting to find a prey. Its method of hunting is fairly typical, when sighting a target he suddenly jumps from his perch to capture the chosen insect, then returns to his previous place or sometimes to a different one. Prey with a very small size such as mosquitoes, can be consumed immediately during the flight, in the case of larger prey such as bees or moths, it’s brought back to the perch before consumption. The stonechat can also perform other hunting techniques such as vibrating or hovering over the vegetation. The methods chosen by the bird may change according to time of year.

 DSC_0803 DSC_0810

                  _________________________________________________________

Habitualmente, o Cartaxo-comum é territorial, enquanto espécie residente. A proclamação das zonas de reprodução é feita pelo macho que, numa postura altiva, canta, exibindo os seus tons ruivos de um colorido brilhante.

The stonechat is usually territorial throughout the year when sedentary in an area.During the mating season the male sings from a perch in a upright posture in order to display its bright coloured breast.

                            ____________________________________________________

Esta espécie é, geralmente, monogâmica e cada par constrói o seu ninho no chão ou, pelo menos, muito próximo do mesmo. Escondido na base de um arbusto, num  buraco na terra, ou até mesmo por debaixo de uma pedra, dependendo da região. O ninho no exterior é composto por uma estrutura frouxa feita com ervas, folhas, raízes e caules e no interior é forrado com materiais mais finos, como pequenas raízes, lã e penas.

This species is generally monogamous, and each pair builds its nest on the ground or very close to it. Hidden in the base of a bush, a hole in the ground, or even beneath a stone, depending on the region. The nest outside shows a sloppy structure made from grass, leaves, roots and stems, as for the inside is lined with finer materials such as rootlets, wool and feathers.

 eggs nestlings

                _____________________________________________________________

Regra geral, o macho “guarda” a fêmea e é visto com frequência em ramos logo acima daqueles onde a sua companheira se encontra, seguindo-a incansavelmente para onde quer que vá. Tudo isto com o propósito de evitar a aproximação de outros machos e a possível perda de paternidade.

Usually in these species, the male guards the female and is often seen perched on branches just above those where she is. He will pursue her relentlessly, wherever she may go. All this in order to avoid the approach of other males and possibly the loss of paternity.

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????

                                 

O campo na primavera / Countryside during spring

A primavera na Portuguesa já esta quase a chegar ao fim, o Verão avizinha-se.

Convido-vos a espreitar a quinta nestes meses que passaram, a conhecer alguns dos seus habitantes, cores e paisagem. Uma compilação de pequenos vídeos que captei, ao som da banda sonora da serie animada de Beatrix Potter .

Uma viagem relaxante e encantadora, na sua simplicidade.

( porfavor ver em HD 1080p)

___________________________________________________________________________

Spring in the farm is almost at an end, summer is approaching.

So, I want to invite you, to see the landscape during these months that passed, meet some of its inhabitants, colors and scenery. A compilation of short videos that I recorded and brought together at the sound of Beatrix Potter- Peter rabbit soundtrack.

A relaxing and enchanting journey in its simplicity.

(please watch it in HD 1080p)

Em busca dos primeiros sinais da primavera… / Searching for signs that Spring is coming…

É impossível negar, os primeiros dias de sol e calor chegaram, a agitação das aves dificilmente passa despercebida e as primeiras cores do ano começam a surpreender os prados mais adormecidos.

It is impossible to deny, the first days of sun and heat arrived, the stirring of birds hardly passes unnoticed, and the first colours of the year begin to surprise even the sleepiest meadows.

pano

Esta época que se avizinha é das minhas preferidas, a natureza entra no seu auge e mais um ciclo se repete para dar lugar a novas vidas e fascinar todos os que se atrevem a descobrir os seus encantos. De volta estão os “pilotos” da alta velocidade, as andorinhas-da-chaminé (Hirundo rustica)  que desafiam a gravidade com as suas manobras de voo arriscadas e igualmente fascinantes de observar.

This time ahead is one of my favourites, nature will be at its peak and another cycle is repeated to give way to new lives and fascinate all who dare to discover its charms. Back are the “pilots” of high speed, the barn swallows (Hirundo rustica)  that defy gravity with their risky flight manoeuvres, daring and fascinating to observe.

florir

img039 - Cópia - Cópia

Ao longe, já se ouvem os primeiros chamados do cuco (cuculos-canoros), que chega mais uma vez para passar a estação. Incansável, todos os anos percorre milhares de quilómetros numa migração feita a partir de Africa, para nos agraciar com o seu hino à primavera.

In the distance I’m hearing the first calls of the cuckoo (cuculos-canoros), arriving once again to spend the season. Tireless, every year travels thousands of miles in a migration made from Africa to grace us with his ode to spring.

img046

Os casais de rola-turca (Streptopelia decaocto) passam a toda a brida no céu azul, procuram bons locais para nidificar e fazem-se ouvir bem alto numa melodia pretendida para cortejar até as fêmeas mais afoitas.

Couples of Eurasian collared doves (Streptopelia decaocto) fly in full throttle crossing the blue skies, looking for good places to nest and making themselves be heard by loudly singing a melody design to woo even the most difficult females.

DSC_0630

DSC_0632

Uma ave que voltou a aparecer por aqui é o alegre pintassilgo (Carduelis carduelis)! Em bandos, enchem os choupos de cor e alegria.

Another bird that reappeared is the cheerful goldfinch (Carduelis Carduelis)! In flocks fill the poplars with colour and joy.

pint

Outras aves se fazem ouvir e ver com mais frequência, está na altura de começar a definir territórios, escolher ninhos ou fazê-los do zero, e acima de tudo, encontrar um par para atravessar, uma vez mais, esta época árdua de muito trabalho: alimentar, proteger e ensinar as suas crias.

Other birds are heard and seen more often, its time to define territories, choose nests or make them from scratch, and above all, find partners to cross once again this difficult time of hard work: feeding, protecting and teaching their young.

sinais Primeira caixa ninho a mostrar sinais de estar ocupada /First nesting box to show signs of being occupied

terrena Ainda estou a tentar descobrir que espécie de ave esta a construir este fantastico ninho no canavial.. / I’m still trying to figure out what kind of bird is building this fantastic nest in the cane fields ..

gaiooo um gaio aproveita os primeiros raios quentes de sol.. / a jay enjoys  the first warm rays of sunshine..

Collage

Ainda é possível observar a petinha dos prados (Anthus pratensis) , espécie invernante, que agora no mês de Março prepara-se para partir, os últimos exemplares irão deixar Portugal nos princípios de Abril e só retornarão no fim da época estival.

You can still observe the meadow pipit (Anthus pratensis), wintering specie, which now in the month of March is preparing to leave, the last members will leave Portugal in early April and only return at the end of summer.

DSC_9999 - Cópia

Nos próximos meses irei relatar por aqui todas as novidades que surjam , vamos ver com mais detalhe algumas espécies de fauna e flora e tentar acompanhar os ninhos naturais e as caixas instaladas no montado.

Em breve darei mais novidades, vemo-nos na primavera!!

In the upcoming months I will report all the news coming from around here, we will see in detail some species of fauna and flora and try to follow the natural nests and boxes installed in the cork-trees.

More news soon, see you in spring !!

img039